3 de ago de 2010

49

Seus relacionamentos já terminaram por carta, entregue no recreio.
Por telefone, por email.
Num lugar super romântico, achando que não ia terminar.
Não gostando mais, ou melhor, não suportando mais.
Amando loucamente.
Sem saber se era o melhor.
Por amor próprio e por falta dele.
Porque ele era imaturo.
Porque ela era infantil.
Por infidelidade.

E finalmente chegou o tempo em que isso não importava mais.
Estava madura, segura e inteira.
Sem pressa, sem anseios, sem projeções frustrantes no outro. De verdade, agora.

E então, começou o mais longo relacionamento de todos. Que terminou, mas do jeito que todo casamento deveria terminar.

* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: