3 de fev de 2011

70

Um dia ela acordou com fome de mundo e comeu tudo que viu pela frente. Comeu com os olhos, com a boca, com a alma. Mas a fome não passava e ela continuou comendo, mordendo, rasgando, mastigando, devorando. Tinha horas que nem sequer sentia o gosto. Engolia pedaços inteiros. Mas seu estômago continuava roncando e a saliva inundando sua boca.
Até que ela não se reconhecia mais, estava enorme, um Godzilla dentro do seu quarto e sala. Tum, tum, tum. E tudo tremia, inclusive a água dentro do copo no melhor estilo Jurassic Park.
Depois de algum tempo, ela percebeu que não era de comida que ela precisava, que tinha sim um vazio dentro dela, mas era para ser preenchido por outra pessoa.

* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: