24 de jun de 2015

77

Eram tantas músicas, mais tantas músicas que descreviam o que ela estava sentindo nesse dia, que a fez pensar que todas as histórias de amor já aconteceram.
Mais uma vez, ela se sentia ordinária. Aquele momento único, aquela coisa que só eles entendiam, que palavras não conseguiam explicar, se reduziu ao cotidiano. Ninguém se chocou, todo mundo entendeu como algo que pode acontecer com qualquer um, menos ela.
Mas lá estavam as canções, as poesias, as dores de tantos outros que se misturavam com as dela e a ajudavam a entender que amores vem e vão, são aves de verão.

* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: