21 de mai de 2010

10

O "Caso Clássico". Sabia que se algum dia fossem analisá-la, se tornaria um caso clássico. E perderia toda a sensação de ser especial, ser única, de ter vivido experiências exclusivas. Pelo contrário, seria etiquetada, setorizada, viraria estatística.
E, enquanto ela mesmo se avalia, ela mesma se rotula, a contra-gosto. E vem logo à cabeça a palavra "típico". Ela é comum, é normal demais, ordinária. Mas quem não é?

* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: