26 de mai de 2010

14

Ela era tímida, mas tinha uma coisa que ela fazia e esquecia a timidez. Adorava ajudar turistas. Era só ver pessoas com cara de perdidas e com mapa na mão que lá ia ela.
Sempre se imaginava, num país estrangeiro, sem conhecer o idioma local, tentando chegar em algum lugar. E ficava feliz por saber que existiam outros como ela pelo globo.
Se enrolava no inglês, embromava no espanhol e ainda inventava um francês, um italiano e o que mais aparecesse. No final, com sorrisos pra todos os lados, ela seguia sua rotina, tentando absorver a cidade com olhos de quem estava ali pela primeira vez.


* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: