4 de jun de 2010

22

Tempo é psicológico. E disso ela sabia bem. Quando tinha insônia, evitava o relógio. Sabia que se não soubesse a hora poderia ter a sensação de que não passou tanto tempo assim. Claro, que nas vezes que via o dia amanhecer em meio a pensamentos tumultuados era difícil manter-se positiva quanto a isso, mas na maioria das vezes não chegava a tanto.
Insônia... Sempre foi de dormir muito, e sofrer com a falta de sono era uma grande incoerência do destino. Uma piadinha de Deus pra ela.
Acordada demais pra dormir, com sono demais pra levantar...

* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: