16 de jun de 2010

29

Ele era de acordar cedo, gostava da manhã. Já ela, era da noite.
Naquele sábado, ela resolveu surpreender. Acordou cedo, tomou um banho quentinho e foi pra feira. Se lembrou da sua casa, quando a mãe enfeitava a sala com flores e quis fazer igual.
Comprou flores do campo, frutas, caldo de cana, tapioca... Foi feliz pra casa, arrumou tudo.
Estava nervosa, mas sabia que este era o momento certo pra fazer o pedido. Ela não era machista, acreditava na divisão das responsabilidades e decisões.
Ele ficou só olhando, vendo ela entrando e saindo da cozinha.
Quando estava tudo lindo e perfumado, eles se sentaram à mesa, comeram, beijaram e comeram mais um pouquinho.
Quando estavam saciados de si mesmos, ela virou sem rodeios e perguntou: - Casa comigo?

* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: