30 de jun de 2010

37

A Máquina do Tempo. Ela queria que já a tivessem inventado. Tudo está nas mão do tempo. Ele atropela quem não estiver querendo caminhar e deixa cansado quem quer correr mais que ele. Ela estava sempre cansada e o tempo ria dela. Dizia: "menina, nada acontece quando você quer, só quando eu quero". Não se alicia o tempo, não se compra. E ele é totalmente imparcial.
Dessa vez, ela queria ser amiga do tempo, nem que fosse a base de fitoterápicos! Resolveu prender seu furacão dentro do peito e esperar. Correr lado a lado com ele. Não seria uma tarefa fácil, mas ela nunca deixou de encarar um desafio. Podia estar morrendo de medo mas ia.
Ela demorava, mas um dia sempre sabia o que queria. E foi assim que ela tomou as atitudes mais difíceis de sua vida.
Agora novamente estava tudo claro pra ela. Ela sabia o que queria e colocar esse desejo em prática seria talvez uma das mais desafiadoras tarefas até então. Ela estava em pânico mas ia encarar. Pois sabia que só assim iria conseguir ser feliz novamente.
Então, como estava muito adiantada ela se sentou e esperou o tempo chegar.

* Baseado em fatos irreais
** To be continued

Nenhum comentário: